Página inicial
Notícias

Notícias

Andaló recebe bolsões para motocicletas

Divulgação
Objetivo é evitar acidentes durante chegadas e saídas dos semáforos na avenida
A empresa responsável pela execução do Plano de Mobilidade Urbana de Rio Preto iniciou nesta semana a sinalização dos bolsões exclusivos para motos da avenida Alberto Andaló, que têm o objetivo de reduzir o risco de acidentes envolvendo motociclistas e carros nos momentos de fechamento e abertura dos semáforos.

A contagem mais recente do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) – que leva em conta os emplacamentos e licenciamentos realizados nos municípios do país – aponta que Rio Preto conta com 374.107 veículos, sendo 96.339 motocicletas e motonetas. O número representa quase 26% da frota total.

Na prática, os bolsões permitem que as motocicletas se concentrem entre a faixa de pedestres e a linha de contenção para os demais veículos (carros, caminhões, ônibus, utilitários e vãs) que devem respeitar a nova sinalização. Modelos semelhantes de bolsões já funcionam em capitais como São Paulo e Brasília. 

De acordo com o coordenador de Mobilidade Urbana da Secretaria de Trânsito, Transporte e Segurança de Rio Preto, Amaury Hernandes, além da Andaló, as avenidas Bady Bassitt e Philadelpho Gouveia Netto receberão a mesma sinalização.

A escolha das avenidas levou em conta os registros do VDM (Volume Diário Médio) de veículos nas vias, que estão entre os maiores índices da cidade. “Os bolsões já estavam previstos no plano [de Mobilidade Urbana] e vão ser instalados gradativamente”, disse Hernandes.

Plano de Mobilidade Urbana

O Plano de Mobilidade Urbana está sendo realizado por meio de parceria do município com o governo federal. O projeto prevê um novo terminal urbano na Praça Cívica, nove miniterminais em diferentes regiões da cidade, 100 quilômetros de calçadas com acessibilidades, novos pontos de ônibus, nove corredores exclusivos para o transporte coletivo, dois viadutos na região norte e outro ligando o novo terminal à rua João Mesquita, na Boa Vista. 

O valor total previsto das intervenções é de R$ 210 milhões e o prazo para a entrega é 31 de dezembro de 2018.

Ademir Terradas
 
 
Sumário Executivo
  Título Andaló recebe bolsões para motocicletas
  Órgão Responsável Secretaria de Comunicação Social
  Data de Publicação 10/10/2017