Encontre o que você procura no portal

Use o campo de pesquisa abaixo para encontrar o que você precisa de maneira fácil e rápida.

Inscrições para seminário de combate à violência contra menor vão até 5ª feira

O tema do encontro será proferido pela profa. dra. Rita de Cássia Cavalcante Lima, assistente social e docente associada da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro e do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social.

14 de Maio de 2018
Seminário de Combate a violência contra menores

As inscrições para o seminário “O enfrentamento ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes: melhor conhecer para melhor prevenir” vão até quinta-feira (17/5). O evento marca as ações do 18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Os interessados podem se inscrever pelo site www.suas.demandanet.com. O evento acontece na UNILAGO, nesta sexta-feira (18/5), a partir das 8 horas.

É organizado pela Secretaria de Assistência Social, em parceria com os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA – e de Assistência Social – CMAS – Conselho Municipal.

“O objetivo é mobilizar a sociedade e qualificar práticas dos trabalhadores dos serviços que atuam direta ou indiretamente com crianças e adolescentes, de forma a convocá-los para o enfrentamento contra a violação dos direitos do menor”, explica a secretária de Assistência Social, Maria Silvia Bastos Fernandes.

O tema do encontro “O enfrentamento ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes: melhor conhecer para melhor prevenir” será proferido pela profa. dra. Rita de Cássia Cavalcante Lima, assistente social e docente associada da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro e do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social.

Caso Araceli

O Dia Nacional de Combate foi criado em 18 de maio de 2000 pela Lei Federal nº 9970/00, com a finalidade de mobilizar e convocar a sociedade brasileira para proteger suas crianças e adolescentes. A data foi escolhida em razão do “Crime Araceli”, a menina de apenas oito anos de idade que foi estuprada e assassinada em Vitória (ES), em 1973. Os autores desta violência nunca foram punidos.

Disque 100

Denúncias pode ser feitas por meio dos órgãos de defesa e proteção e também por meio do Disque 100, um serviço de atendimento telefônico gratuito que funciona 24 horas, nos 7 dias da semana, no qual as denúncias recebidas são analisadas, tratadas e encaminhadas aos órgãos responsáveis.  As denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido, quando solicitado pelo demandante.

Serviço

Seminário “O enfrentamento ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes: melhor conhecer para melhor prevenir”

Data: 18 de maio de 2018 

Horário: 8 às 12 horas

Local: UNILAGO – Rua Dr. Eduardo Nielsen, 960, Jardim Novo Aeroporto

Inscrição: até 17/05, no site www.suas.demandanet.com

Mara Luíza Alves dos Santos