Anjos da escola passam por capacitação e iniciam treinamento

Equipe de formação da Secretaria fez orientações aos Anjos da Escola, que já iniciam treinamento nas unidades nesta quarta-feira (5/12)

4 de dezembro de 2018

A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Educação, fez nesta terça-feira (4/12) um evento de capacitação para com os Anjos da Escola, que já iniciam treinamento nas escolas nesta quarta-feira. O objetivo é que os 260 novos profissionais estejam habilitados para o trabalho a partir do dia 4 de fevereiro, primeiro dia letivo de 2019.

A capacitação foi ministrada pela equipe de formação da Secretaria de Educação. Durante o evento, os Anjos da Escola foram orientados quanto ao ambiente escolar e às suas atribuições, como fazer o acolhimento de alunos e da comunidade e atuar na mediação de conflitos.

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, esteve presente para saudar os Anjos da Escola. “Eu faço questão de frisar: no ano passado, a prefeitura não tinha dinheiro para renovar contratos com as empresas dos Anjos da Guarda. Não renovamos para fechar as contas no ano. Mas fizemos um esforço, colocamos a casa em ordem e conseguimos contratar os Anjos da Escola, que são parte de uma nova estrutura de segurança para as unidades da Educação”, diz o prefeito.
A secretária de Educação, Sueli Costa, afirma que essa é uma conquista importante. “Eles terão um trabalho fundamental que é o de acolher o aluno e a comunidade escolar. Por isso, nossa preocupação foi realizar uma formação com o objetivo também de acolhe-los e de esclarecer, de uma forma bastante gentil, qual é a função de cada um no ambiente escolar e como o trabalho deles precisa ser realizado”, afirma.

Além de atuar na entrada e saída de pessoas, o Anjo da Escola terá um papel na segurança das unidades durante os horários de expediente, observando também movimentações na proximidade da escola e informando a direção em caso de qualquer suspeita.

O serviço do Anjo da Escola será prestado pela empresa WWS Services Prestadora de Serviços, que venceu a licitação. O valor final do contrato ficou em torno de R$ 7,1 milhões. Serão 132 Anjos da Escola com jornada de 44 horas semanais e outros 128 Anjos da Escola com jornada de 20 horas semanais. O Anjo da Escola será implementado em todas as unidades escolares municipais.

Anjo da Escola

– Objetivo: cuidar bem do acolhimento dos alunos e proporcionar maior interação entre a Escola e as famílias.

Atribuições dos Anjos da Escola

• Controlar o acesso das pessoas ao interior da Unidade escolar e anexos, observando/controlando a movimentação de pessoas procurando identificá-las, para vedar a entrada de pessoas estranha e não autorizadas nos prédios escolares;
• Controlar fluxo de pessoas, identificando, orientando e encaminhando-as para os lugares desejados;
• Observar a movimentação de indivíduos suspeitos nas imediações do posto, adotando as medidas de segurança, conforme orientação recebida pela direção da unidade escolar, bem como as que entenderem oportuna;
• Comunicar imediatamente à direção da unidade escolar, qualquer anormalidade verificada, com relação à segurança da escola, para que sejam adotadas as providências de regularização necessárias;
• Auxiliar na chegada e saída dos alunos da rede municipal de ensino, usuários do transporte escolar;
• Orientar na entrada e saída dos alunos da rede municipal de ensino, zelando pelo bem estar e integridade física;
• Proibir o ingresso de vendedores ambulantes e assemelhados às instalações, sem que sejam devidamente e previamente autorizados pela direção da Unidade escolar e anexos;
• Escoltar pessoas e mercadorias aos seus destinos dentro do perímetro escolar;
• Executar as rondas conforme a orientação recebida da administração, acender e apagar a iluminação, de acordo com a necessidade, bem como abrir e fechar portas e janelas;
• Percorrer sistematicamente as dependências dos prédios escolares e anexos;
• Fiscalizar a entrada e a saída de veículos nas instalações, inclusive de funcionários autorizados a estacionar seus carros particulares na área interna da instalação, mantendo sempre os portões fechados.

Daniel Martins