Banco de Alimentos realiza mais de 40 mil atendimentos em um ano

Produtos distribuídos a famílias carentes e entidades assistenciais vêm de doações de parceiros, Programas de Aquisição de Alimentos e produção própria

10 de janeiro de 2019

Combater o desperdício de alimentos e garantir a segurança alimentar e nutricional da população mais vulnerável em São José do Rio Preto. Essa é a missão do Banco Municipal de Alimentos, hoje, um dos principais pilares do Programa Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, o Alimenta Rio Preto. Inicialmente gerido pelo Fundo Social de Solidariedade (2004 a 2016), atualmente é administrado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento.

Ao longo deste ano, o Banco distribuiu certa de 50 mil toneladas de alimentos, realizando mais de 40 mil atendimentos por meio da entrega semanal de cestas alimentares às famílias e às entidades assistências cadastradas junto à rede municipal de Assistência Social.

Banco de Alimentos de São José do Rio Preto. 10/11/17. Fotos: Ivan Feitosa/SMCS.

Os produtos que abastecem o Banco Municipal de Alimentos vêm de três frentes: doações de empresas parceiras e da sociedade civil em geral; Programas de Aquisição de Alimentos (PAA); e produção própria.

Os alimentos doados vêm, sobretudo, da coleta urbana viabilizada por parceria com empresas supermercadistas, pequenos comerciantes e de campanhas de arrecadação realizadas em eventos. e são recolhidos periodicamente pelo Banco. Já os Programas de Aquisição de Alimentos (PAAs) são convênios que permitem a compra de produtos diretamente dos produtores locais, incentivando a Agricultura Familiar – só em 2018, 220 produtores forneceram mais de 267 toneladas de alimentos ao Banco – e, ao mesmo tempo, garantindo maior qualidade dos alimentos adquiridos. A terceira via de abastecimento é a produção própria vinda da Horta em Schmitt e da Estufa de Hidroponia, além de repasse de hortaliças feito pela Cooperiopreto em contrapartida a concessão de área municipal.

Todos os alimentos procedentes da coleta urbana passam por triagem e são devidamente higienizados, chegando à mesa das pessoas com qualidade para serem consumidos. Quando não atendem esse parâmetro, podem ser processados na forma de polpa, evitando desperdício.

Apesar desses esforços e dos números expressivos produzidos pelo Banco, a demanda de atendimento à população em situação insegurança alimentar e nutricional vem crescendo. Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social, cerca de 10 mil famílias necessitariam, hoje, das cestas distribuídas pelo Banco.

Colabore com o Banco Municipal de Alimentos
– Seja um doador! O Banco recebe alimentos in natura e mantimentos de qualquer natureza.
– Seja um parceiro! Empresas podem entrar em contato com o Banco para participarem da coleta urbana. Os alimentos são retirados em dia e horário previamente agendados.
– Promova campanhas! Qualquer atividade e/ou local pode promover arrecadação de alimentos de maneira fixa ou esporádica, seja em condomínios, escolas, shows, eventos esportivos, agremiações, entre outros.
O Banco Municipal de Alimentos está disponível para esclarecer quaisquer dúvidas.

SERVIÇO
Banco Municipal de Alimentos
Av. Feliciano Sales Cunha, 1801 – Distrito Industrial
bmalimentos@riopreto.sp.gov.br
(17) 3231-2927

Instituições assistenciais interessadas em ser atendidas pelo Banco Municipal de Alimentos devem entrar em contato com o Fundo Social de Solidariedade: rua Pedro Amaral, 3578 – Centro, telefone 3214-9010.

Já as famílias em situação de vulnerabilidade social devem procurar umas das 13 unidades dos CRAS (Centro de Referência de Assistência Social). Para verificar a mais próxima, basta consultar www.riopreto.sp.gov.br/social ou ligar no telefone 3211-6510.

Marcella Moreira