Idosos lotam auditório da Unesp em palestra sobre plantas medicinais

Evento integra comemoração do Dia do Idoso pela Assistência Social

9 de outubro de 2018

O Dia Mundial do Idoso foi muito comemorado e conscientizado pela equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), comandada pela secretária Maria Silvia Fernandes Bastos. Uma programação intensa incluiu palestras, atividades, diversão, oficinas de jardinagem, entre outros.

Um dos pontos de destaque foi a Semana Melhor Idade Cidade Norte (26 a 29 de setembro), com presença maciça dos participantes dos grupos dos CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), CCI (Centro de Convivência do Idoso), CCF (Centro de Convivência da Família), CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social e ILPI (Instituição de Longa Permanência para Idosos).

O evento teve parceria da Unorp, Conselho Municipal do Idoso e Senac, promovendo também oficinas de jardinagem e hortas verticais a cargo do Projeto Vida Verde e aulas de zumba e alongamento com a equipe Brasil Fitness.

No dia 27, a diversão mais esperada, um baile que animou 500 pessoas, ao som de Odilon Wagner no teclado, tocando xotes, boleros, valsinhas e sambas. O prefeito Edinho Araújo se empolgou com o público e tirou algumas damas para dançar.

Foram ainda proferidas palestras interessantes, voltadas para a faixa etária do público e úteis no dia a dia da população idosa. A primeira foi ministrada pelo médico Antônio Caldeira, presidente do Conselho Municipal do Idoso, no dia 2/10, com o título “Corpo que cai – instrução sobre quedas na terceira idade”, no Riopreto Shopping; e a segunda, pela profa. dra. Raquel Regina Duarte Moreira, no dia 4/10, sobre o “Uso Racional de Plantas Medicinais” (foto), lotando o auditório da Unesp. A palestrante Raquel participa do Departamento de Princípios Ativos, Naturais e Toxicologia, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas, da Unesp de Araraquara.

Este último tema é bem oportuno, pois segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) cerca de 80 % da população faz uso de plantas medicinais, e o consumo vem aumentando, principalmente entre a população da terceira idade, sem orientação médica. É preciso saber os efeitos e a indicação, para segurança do idoso.

A palestra “Uso racional de plantas medicinais” faz parte de um dos eixos do Projeto de Extensão Universitária, na modalidade Tecnologias Sociais, intitulado “Inclusão e melhoria das condições de vida do idoso em situação de vulnerabilidade social”, fruto da parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social e Unesp.

Mas as atividades não param por aí. A partir desta quarta-feira, 10, até o dia 31, a Semas faz quatro encontros preparatórios para a 4ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, marcada para novembro, em várias regiões da cidade, sempre das 14h às 16h30.

Dia 10, no Lar de Betânia, com as regiões HB e Cidade da Criança;
Dia 17, no Lar de Schmitt, com as regiões Schmitt, Vila Toninho e Represa;
Dia 23, no Lar São Vicente de Paulo, com as regiões Centro, Bosque e Talhado
Dia 31, no Lar Esperança, com as regiões Pinheirinho e CÉU.

A conferência está programada para o dia 22 de novembro, das 8h às 17h, no Teatro Paulo Moura, com o tema: “Os desafios de envelhecer no século 21 e o papel das Políticas Públicas”.