História e Símbolos Municipais

Aqui, você encontra uma descrição da economia e da cultura da cidade de São José do Rio Preto, sua história, suas tradições e seus símbolos. Consulte o perfil e saiba tudo sobre o município.

  • Bandeira de São José do Rio Preto

    Com as mesmas cores da bandeira do Estado de São Paulo - vermelho preto e branco -, foi criada, em 1936, a bandeira de São José do Rio Preto. Ela é composta por um retângulo vermelho recortado em cruz e faixas brancas e pretas. No centro delas, está um losango branco onde se vê o brasão da cidade.


    O conteúdo e seu significado

    • A cor vermelha significa amor-pátrio, dedicação, audácia, intrepidez, coragem e valentia;

    • A águia simboliza o poder, a vitória, o império, a prosperidade, a benignidade e a generosidade. Em suas garras, ela traz ramos floridos de lírio, que simbolizam o santo padroeiro da cidade, São José;

    • As oito torres, das quais apenas cinco são visíveis em perspectiva no desenho, indicam que a cidade é sede de Comarca;

    • A agricultura está representada por hastes de cana, galhos de café, ramos de algodão, milho e arroz, que lembram a importância econômica do setor para o município;

    • O escudo prateado representa a paz, a amizade, o trabalho, a prosperidade, a pureza e a religiosidade;

    • A faixa ondada de sable (preto) representa o Rio Preto, que compõe o nome da cidade.

    Arquivos Relacionados

    Brasão de Rio Preto para download.JPG.jpg

  • Brasão de São José do Rio Preto

    O brasão de São José do Rio Preto foi confeccionado originalmente pelo artista Wast Rodrigues, em 1936. Em virtude do desaparecimento do trabalho, o prefeito Dr. Philadelpho Gouveia Netto solicitou, em 1952, uma recomposição. O responsável por ela foi o artista rio-pretense Antonio Portela.

    Arquivos Relacionados

    Brasão de Rio Preto para download.JPG.jpg

  • Hino de São José do Rio Preto

    Letra: Ferdinando Giovinazzo

    Música: Deocleciano de Souza Vianna (Vianninha)

    Partitura: cedida pela família Ramos Vianna


    I

    Das sementes da luta e trabalho

    Brotam flores de puro ideal

    E a cidade ao compasso do malho

    Vai seguindo na marcha triunfal


    CORO

    São José do Rio Preto,

    Tua marcha, tua fé,

    Vão levando para a glória

    O pendão de São José


    II

    Ó viajor que de longe vieste

    Para ver esta gente viril,

    Vem conosco que vamos p'ro Oeste

    Desbravar os sertões do Brasil


    III

    Pela Pátria a marchar, que alegria

    Todo um século vela por nós

    É tão grande o fervor que nos guia

    Que o Brasil há de ouvir nossa voz


    Arquivos Relacionados

    Hino Rio Preto.mp3

  • História de São José do Rio Preto

    Desbravamento e ocupação do solo do sertão brasileiro. Assim começa a história de São José do Rio Preto, quando, a partir de 1840, mineiros fixaram-se aqui e deram início à exploração agrícola e à criação de animais domésticos.

    Em 1852, Luiz Antônio da Silveira doou parte de suas terras ao seu santo protetor, São José, para que o patrimônio desse origem a uma cidade. Em 19 de março daquele ano, considerado o dia da fundação da cidade, João Bernardino de Seixas Ribeiro, que já havia construído uma casa de sapé nas terras do patrimônio, liderou os moradores da vizinhança para erguer um cruzeiro de madeira e edificar uma pequena capela.

    A lei n° 294, de 19 de julho de 1894, desmembrou São José do Rio Preto de Jaboticabal e a transformou em município. Era um imenso território, limitado pelos rios Paraná, Grande, Tietê e Turvo, com mais de 26 mil km2 de superfície. Neste mesmo ano, foi nomeado o primeiro intendente.

    A origem do nome do município vem da junção do padroeiro da cidade — São José — e do rio que corta o município, o Rio Preto. A partir de 1906, a cidade teve seu nome reduzido para Rio Preto. Somente em 1945, foi retomado o nome original de São José do Rio Preto.

    Com a chegada da Estrada de Ferro Araraquarense (EFA), em 1912, a cidade assumiu uma importante posição de pólo comercial de concentração de mercadorias produzidas no então conhecido "Sertão de Avanhandava" e de irradiação de materiais vindos da capital.

  • Galeria de Prefeitos

    Intendentes Municipais

    Luiz Francisco da Silva

    27/11/1894 a 15/07/1895

    Luiz Pinto de Morais

    15/07/1895 a 07/01/1896

    Francisco Antônio Braga

    07/01/1896 a 07/01/1898

    Militão Polycarpo Ferreira

    07/01/1898 a 08/01/1899

    Delmiro Corrêa

    08/01/1899 a 26/12/1899

    Pedro Amaral

    02/08/1899 a 12/09/1899

    Emygdio de Oliveira Castro

    26/12/1899 a 31/12/1907

    Prefeitos Municipais

    Adolpho Guimarães Correia

    Janeiro de 1908 a julho de 1911

    Outubro de 1911 a Agosto de 1914

    Francisco Zeferino do Carmo

    02/04/1909 a 02/06/1909

    01/05/1910 a 30/05/1910

    Arlindo Carneiro

    01/07/1911 a 30/09/1911

    Leo Lerro

    12/03/1914 a Dezembro de 1914

    José Nogueira de Noronha

    12/03/1914 a Dezembro de 1914

    Setembro a Dezembro de 1914

    Leo Lerro

    Janeiro de 1915 a Março de 1917

    Victor Britto Bastos

    Abril de 1917 a Dezembro de 1919

    Emygdio Francisco Nogueira

    15/01/1918 a 18/03/1918

    José Nogueira de Noronha

    30/09/1918 a 17/12/1918

    17/02/1919 a 06/03/1919

    09/03/1919 a 31/07/1919

    22/11/1919 a 01/12/1919

    Presciliano Pinto de Oliveira

    Janeiro de 1920 a Janeiro de 1923

    Manoel Jorge de Medeiros e Silva

    01/04/1920 a 30/06/1920

    20/01/1921 a 02/02/1921

    01/03/1921 a 01/08/1921

    20/08/1921 a 25/12/1921

    19/01/1922 a 05/03/1922

    Victor Britto Bastos

    12/08/1922 a 26/10/1922

    Novembro de 1922 a Dezembro de 1923

    José Amâncio Faria Motta

    15/01/1923 a 15/01/1924

    Ângelo Joaquim Corrêa

    14/09/1923 a 26/10/1923

    Victor Cândido de Souza

    15/01/1924 a 15/01/1925

    Alceu Assis

    Janeiro de 1925 a Janeiro de 1927

    Cenobelino de Barros Serra

    28/01/1926 a 11/02/1926

    30/10/1926 a 05/11/1926

    Victor Britto Bastos

    Fevereiro de 1927 a Janeiro de 1929

    Cenobelino de Barros Serra

    20/06/1928 a 30/12/1928

    Janeiro a Outubro de 1930

    João dos Reis Meirelles

    28/09/1930 a 15/10/1930

    Aureliano Mendonça

    Novembro a Dezembro de 1930

    João Augusto de Pádua Fleury

    Fevereiro a Abril de 1931

    Eduardo de Figueiredo Nielsen

    Abril de 1931 a Outubro de 1932

    25/10/1932 a 01/11/1932

    Zeno Delmas

    11/10/1932 a 19/10/1932

    Justino Moreria do Espírito Santo (Moreria)

    19/10/1932 a 25/10/1932

    Raul Jansen Ferreira

    Dias de Novembro de 1932

    Gilberto Lopes da Silva

    Novembro de 1932 a Agosto de 1933

    Synésio de Mello Oliveira

    Setembro de 1933 a Setembro de 1936

    Joaquim Nunes Coutinho Cavalcanti

    01/04/1935 a 17/04/1935

    Victor Britto Bastos

    Setembro de 1936 a Janeiro de 1938

    Cenobelino de Barros Serra

    Junho de 1938 a Agosto de 1941

    Ernani Pires Domingues

    Setembro de 1941 a Abril de 1945

    João de Noronha Goios

    12/01/1944 a 17/02/1944

    Mário Valadão Furquim

    Abril de 1945 a fevereiro de 1947

    José de Castro Roza

    24/11/1947 a 31/12/1947

    João Baptista França

    Março a Dezembro de 1947

    Cenobelino de Barros Serra

    Novembro de 1950 a Julho de 1951

    Domingos Sinibaldi

    Agosto a Dezembro de 1951

    Philadelpho Manoel Gouveia Neto

    Janeiro de 1952 a Dezembro de 1955

    Aldo Tonelli

    03/09/1953 a 01/10/1953

    Alberto Andaló

    Janeiro de 1956 a Novembro de 1959

    01/01/1956 a 02/11/1959

    Valdomiro Lopes da Silva

    Maio a Junho de 1957

    14/05/1957 a 10/06/1957

    Dezembro de 1958 a Abril de 1959

    17/12/1958 a 17/04/1959

    Novembro a Dezembro de 1959

    03/11/1959 a31/12/1959

    Philadelpho Manoel Gouveia Neto

    Janeiro de 1960 a Dezembro de 1963

    01/01/1960 a 31/12/1963

    Hélio Negreli

    16/10/1962 a 30/10/1962

    01/01/1956 a 02/11/1959

    Lotf João Bassitt

    Janeiro de 1964 a Janeiro de 1969

    João Mangini

    20/09/1967 a 27/09/1966

    Adail Vetorazzo

    Fevereiro de 1969 a Dezembro de 1972

    Wilson Romano Calil

    Janeiro de 1973 a dezembro de 1976

    Raul de Aguiar Ribeiro

    29/04/1976 a 29/05/1976

    Adail Vetorazzo

    Janeiro de 1977 a Abril de 1982

    Roberto Lopes de Souza

    15/05/1982 a 01/02/1983

    Manoel Antunes

    Janeiro de 1983 a Dezembro de 1988

    Antonio Fegueiredo de Oliveira

    Janeiro de 1989 a dezembro de 1992

    Manoel Antunes

    Janeiro de 1993 a Dezembro de 1996

    Liberato Caboclo

    Janeiro de 1997 a Dezembro de 2000

    Nelson Aparecido Silva

    07/12/2000 a 22/12/2000

    Edinho Araújo

    Janeiro de 2001 a Dezembro de 2004

    01/01/2001 a 31/12/2004

    Janeiro de 2005 a Dezembro de 2008

    01/01/2005 a 31/12/2008

    Mauren de Almeida Leão Cury

    30/11/2002 a 08/12/2002

    04/03/2003 a 01/03/2003

    08/06/2003 a 18/06/2003

    10/03/2004 a 13/03/2004

    Valdomiro Lopes da Silva Junior

    De Janeiro de 2009 a Dezembro de 2016

    Edinho Araújo

    Desde Janeiro de 2017