Secretaria aplica prova para Residência em Saúde da Família

Candidatos tiveram de responder a 80 questões de medicina com temas diversos

9 de janeiro de 2019

A Secretaria de Saúde aplicou nesta quarta-feira, 9, a prova objetiva que compõe o processo seletivo do Programa de Residência Médica em Saúde da Família e Comunidade. Os candidatos tiveram de responder a 80 questões de temas que abordaram promoção da saúde, vigilância em saúde, ginecologia, pediatria, saúde bucal, saúde da família, nutrição e urgência e emergência. A duração foi de quatro horas.

“É o primeiro ano que o município abre um programa de residência médica, por isso a Secretaria de Saúde está sendo pioneira. Buscamos a qualificação dos profissionais e a melhora da qualidade da assistência prestada”, comentou a gerente da Saúde da Família, Paula Sodré.

Na próxima etapa, no dia 24 de janeiro, os candidatos vão passar por entrevista e análise de currículo. O início da residência está previsto para 1º de março, com duração de dois anos. O valor da bolsa para a residência é de R$ 3.300,43.